Simp

Está aqui

Homicídio qualificado tentado. Detenção e Prisão preventiva. MP. DIAP de Évora

24 jan 2020

No âmbito de inquérito que corre termos no DIAP da comarca de Évora e por suspeitas da prática de crime de homicídio qualificado na forma tentada, na passada quarta-feira, dia 22, foi detido pela Polícia Judiciária de Évora, um homem com 20 anos de idade.

Presente, a 23 de Janeiro, ao juiz de instrução criminal de Évora para interrogatório e aplicação de medidas de coação e na sequência de promoção do Ministério Público, o juiz decidiu aplicar ao arguido a medida de coação de prisão preventiva, por entender verificar-se, em concreto, perigo de continuação da atividade criminosa e perigo de perturbação do inquérito, nomeadamente, perigo para a aquisição da prova e indiciando-o pela prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Os factos, fortemente indiciados, ocorreram na madrugada do dia 22 de Dezembro de 2019, na via pública, em Évora, tendo o arguido, na sequência de discussão verbal em que se envolveu com outro individuo do sexo masculino, derrubado este fazendo-o cair. De seguida desferiu diversos pontapés que o atingiram na zona da cabeça e na cara, tendo-o também pisado, naquela zona do corpo, repetidamente após o que, com a vítima inanimada, retirou-lhe um cartão bancário e as chaves do seu veículo e abandonou o local conduzindo este. Com a sua atuação o arguido agiu com o propósito tirar a vida à vítima, provocando-lhes ferimentos que só não lhes provocaram a morte, resultado que era por si pretendido, devido à intervenção de terceiros e à pronta assistência médica.

O inquérito prosseguirá os seus termos na 1ª secção do DIAP da comarca de Évora, sendo o Ministério Público coadjuvado pela Polícia Judiciária de Évora.